DIA DA MULHER CRISTÃ 03 DE ABRIL. PARABÉNS!

SEGREDOS NO JARDIM DA ORAÇÃO

SEGREDOS NO JARDIM DA ORAÇÃO.
Luc. 14: 33 a35. Jesus foi com seus discípulos ao jardim do Getsemani;
V.33. Ele disse aos discípulos assentai-vos.( Determinar/Escolhe).
V34. Ele chamou João, Pedro e Tiago para ir mais a frente e disse minha alma está angustiada. (Selecionar/Compartilhar).
V.35. E foi sozinho mais a frente e orou: Pai passa de mim este cálice, todavia não seja feita a minha vontade mais a tua. (Submissão/Intimidade).
Quero compartilhar alguns segredos que descubro neste texto. Considero que Jesus nos ensina importantes atitudes para obter vitória em oração.
Jesus nos ensina que para trilharmos a vitoriosa vida cristã algumas atitudes precisam ser priorizadas.
1. Determinar;
A definição do alvo que desejamos alcançar implica numa atitude de determinação. É preciso determinar o que é prioridade. A dúvida é inimiga da vitória. A falta de decisão retarda a vitória. Jesus mesmo enfrentando o mais difícil momento do seu ministério, não ficou desorientado. Ele foi seguro e olhando para seus disciplino definiu; “Assentai-vos”.
2. Escolher e Selecionar;
Nossa determinação é reforçada com base na escolha e vice versa. Nossa escolha é reforçada na determinação. Precisa ser bem segura, de preferência bem alicerçada na palavra de Deus. Jesus determinou que seus discípulos assentassem, porém escolheu, selecionou aqueles que poderiam estar com ele mais a frente. Ele chamou João, Pedro e Tiago para ir mais a frente.
3. Selecionar e Compartilhar;
Os difíceis momentos da caminhada cristã requer a presença de um Cirineu. Um amigo ou irmão que possam ser apoio nas horas de grandes amarguras. Depois de uma criteriosa seleção, compartilhe. “Jesus disse; minha alma está angustiada”. Lembre-se, Jesus é perfeito amigo.
4. Submissão/Intimidade;
Mesmo você orando, determinando seus alvos e selecionando criteriosamente amigos para compartilhar suas lutas, lembre-se é preciso estar submisso à vontade de Deus e gozando de uma perfeita intimidade com o Senhor. Assim, sendo, você alcança na oração posição vitoriosa. Pois entender o Senhor e aceitar a sua vontade é segredo da felicidade. “Jesus orou: Pai passa de mim este cálice, todavia não seja feita a minha vontade mais a tua”.
Ore sempre ao Senhor...Orai sem Cessar....

DINÂMICAS PARA O DEPARTAMENTO FEMININO.


Algumas Dinâmicas que poderão fazer parte de eventos do departamento feminino. Simples e com aplicação ao crescimento da vida cristã.
1.      Dinâmica da União. Quadrado de Choque.
Objetivo: Desenvolver unidade.         
Material necessário: Fita crepe. Som. CD.
           Desenvolvimento:
Você determina uma área, pega fita crepe e faz um quadrado Maior (depende do tamanho do grupo), e outros menores um dentro do outro, de forma que o menor caiba todas as mulheres bem unidas dentro deles. Você faz isso antes das mulheres chegarem para a reunião.
Orienta que é que as mulheres fiquem em volta do grande quadrado e peça para que elas imaginem que toda a área fora do quadrado é de metal e o quadrado é de borracha, uma proteção, quem ficar de fora do quadrado será eletrocutada.
Então você pede para elas caminharem ao redor do quadrado e quando a música parar você vai gritar : QUADRADO DE CHOQUE. Todas correrão para dentro do quadrado.  Você vai retirando (a fita crepe) o quadrado de fora sempre quando reiniciar a música.
No final elas estarão bem juntinhas e você pedirá para que elas permaneçam dessa forma enquanto você explicará o que isso significa.
Dê uma breve palavra sobre unidade e explique que a eletricidade representa as dificuldades sem Deus. Na verdade, tenho certeza que Deus te dará uma nova palavra para contextualizar essa dinâmica.
2.      Dinâmica do Conserto
Objetivo: Refletir sobre a necessidade de santificação.
Material: copo descartável e refrigerante.
Desenvolvimento:
Dê a cada mulher um copo e diga a elas que o copo representa a vida delas. Escolha 7 ou 8 temas no qual elas precisem consertar em suas vidas, (preguiça de orar, não saber perdoar, dificuldade de relacionamento com a família, dificuldade de relacionamento com o esposo, dificuldade de relacionamento com noras ou genros, dificuldades de relacionamentos com sogro e sogra, dificuldades de relacionamento com vizinhos, dificuldade de relacionamento com alguns irmãos da igreja...).
Ao comentar cada item, que elas tenham dificuldades, peça para cortar uma tira do copo, assim faça com todos os itens. No final de todos os itens os copos estarão em tiras. Então você oferece um refrigerante, um suco ou água para todas. Sirva nos copos cortados, com certeza elas não deixarão. Então fale da fonte que é Jesus. Fonte d’água viva. Ele quer jorrar sobre nós, mas se não de consertarmos nossas vidas, como jorrará sobre nós, como vai nos encher? Poderá citar o exemplo da mulher samaritana, que consertou sua vida e foi cheia das virtudes do senhor.
3.      Caixa de Surpresa.
Objetivo: Conhecer nossos defeitos e respeitar o irmão com suas diferenças.
Materiais: caixinha com tampa, e um Espelho.
Desenvolvimento:
Providencie uma caixinha com tampa e no fundo da caixa na parte interior (dentro) deve ser fixado um espelho. Você deverá explicar que dentro da caixa tem a foto de uma pessoa muito importante e essa pessoa encontra-se ali na reunião, chame uma mulher á frente e peça que ela abra a caixa e comente alguns defeitos da pessoa que ela ver na foto, é claro que a pessoa importante é ela própria, mas não poderá dizer quem é. Permita que todas tenham  oportunidade de ir á frente. A reação das mulheres ao abrir a caixa é de surpresa e muitos risos. É importante que depois que falarem sejam convidadas a sentar-se do outro lado, para evitar que elas comente com as outras que ainda não participaram. Também é importante que depois de cada uma participar você fazer de conta que troca a foto da caixa para elas não desconfiarem.
Finalizando, quando todas falarem, comente: Irmãs, às vezes é muito fácil enxergarmos e falarmos dos defeitos das outras pessoas, mais quando é preciso falar dos nossos defeitos encontramos muitas dificuldades. É necessário que a cada dia venhamos analisar nossas vidas e enxergarmos nossos defeitos para que então possamos consertá-los diante de Deus. E assim aceitarmos nossos irmãos como pessoas carentes de nossa ajuda. 
4.      Dinâmica do Sonho.
Objetivo: Aprender a respeitar os sonhos dos outros.
Materiais: balões, papéis, canetas e palito de dente.
Desenvolvimento:
Cada mulher deverá receber um balão,  escrever em um pedaço de papel seu sonho, dobrar e colocá-lo dentro do balão que deve ser inflado. Cada um fica com um balão e um palito de dente na mão. Chame todas á frente e diga que após sua ordem: Todas deverão defender seu sonho!  A tendência é todas estourarem os balões umas das outras. Após alguns minutos pergunte á elas: Por que destruíram os sonhos das outras?
Deixe que elas pensem um pouco. Responda: Para defender o seu sonho, você não precisa destruir os sonhos dos outros. Podemos ter nossos sonhos realizados, pois nosso Deus é generoso e nenhum bem sonega aos suas filhas. 
  (Dinâmicas retiradas da internet. Não tinha nome de autores.)